Vestidos da Carol Hungria

Todas as leitoras do blog sabem que eu amo as criações da Carol Hungria e vivo postando os vestidos delicados e cheios de charme aqui no blog. Recebi ontem alguns novos modelos para vocês conferirem 🙂

atelier_carol_hungria_katharine_gandra atelier_carol_hungria_marcela_queiroz atelier_carol_hungria_nathalia_tosto atelier_carol_hungria_paula_poloni

Anúncios

Casamento Duda & André – RJ

O casamento do post de hoje é da Duda e do André – A Duda estava tão linda, tão linda, tãoooo lindaa… que entrei em contato com o Atelier da estilista Carol Hungria (responsável pelo vestido incrível) para convidá-la a dividir esse momento tão especial aqui no blog.

Acompanho muitas noivas pelo feed de diversos estilistas que acompanho, mas a Duda estava com um brilho nos olhos que me chamou atenção e tinha certeza que seria um post super bacana!

Ninguém melhor que a própria noiva para contar todos os detalhes dos preparativos e o que ela achou do seu dia:

Preparativos Casamento

  Aí que delícia falar do meu casamento (rs)

 Bom, vamos lá…

 A nossa história aconteceu muito rápido. Nos conhecemos num Carnaval em Salvador em fevereiro de 2012,  o primeiro beijo foi em maio de 2012 e em outubro (de 2012 – rs) resolvemos marcar a data do casamento, mas o pedido só veio dia 21 de dezembro de 2012 (no dia do aniversário do “noivo”)

 Resumindo… tudo no mesmo ano!!!! A partir disso, comecei a organizar todos os preparativos. O primeiro fornecedor definido foi o maquiador Luciano Souza.

 O noivo só queria casar em uma igreja, a Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé. Liguei para lá e só tinham duas datas para o primeiro semestre de 2014 (fiquei chocada, ainda estávamos em 2012 – rs) , então decidimos que seria dia 22.

 Próximo passo seria a casa de festas. Liguei para várias, e decidimos ver algumas. Nos apaixonamos pela Villa Riso, em São Conrado. Foi amor a primeira vista e resolvemos não mais olhar nenhuma. Mas havia um evento marcado na nossa data, foi um desespero, até promessa rolou para conseguir fechar a data!!! rs

 Paralelo a isso, comecei a procurar cerimonialistas. Uma amiga da minha irmã me indiciou a Emanuelle Missura, do Casar é Fácil. Adoramos (minha mãe e irmã sempre comigo), uma fofa, fechamos logo de cara, na primeira reunião!! Terminando a reunião, recebi uma ligação dizendo que a data estava liberada na Villa Riso, felicidade total depois disso!!!

 Pedi a Manu que me indicasse alguns fornecedores, não queria abrir muitas opções para não ficar muito confusa (melhor coisa que fiz). Em seis meses já havia fechado as fotos (Objectiva Fotografia), a filmagem (Set Digital), o vestido (Carol Hungria), o Dj (Julinho DJ), as bebidas (Wine and Rose), a decoração (Arminda Antunes) e a orquestra da igreja (Delfim Moreira).

 Como já havia decidido a maior parte dos fornecedores, dei uma pausa por uns dois meses, aproveitando para pegar ideias de revistas e sites (mas sempre em contato com a Manu). Durante esse tempo, assisti alguns casamentos para decidir quem celebraria o nosso, optei logo de cara pelo Frei Brás, uma amor de pessoa. E fui realizando as provas do vestido (sempre uma questão, tira manga, põe a manga, tira a manga, põe a manga…)

 Com mais calma, fui degustando bolo, doces, bem casados e o buffet (Villa Riso) – a melhor parte!! Rs Sem escolher muito optei pelo bem casados e bolo do Casal Garcia e os doces do Docinhos e Doçuras. Os chocolates ganhei de presente de uma amiga/dinda (The Brownie)!!! E deixei pro final as flores da igreja, fechei com À Flora Real Grandeza.

 Em final janeiro de 2014, já estava com tudo fechado, somente esperando pelo “Grande Dia”. Ganhamos de presente da minha irmã a noite de núpcias no Hotel Sheraton. Os pequenos detalhes só aumentavam a minha ansiedade, cada dia que passava era menos dia. Na penúltima prova do vestido, decidi pela manga, e não me arrependo nem um pouquinho, amei cada detalhe do vestido, costumo dizer que é a melhor roupa que tenho no meu armário, rs

 Finalmente chegou o grande dia, passei na Villa Riso para buscar o meu buquê (Arminda Antunes) e para dar uma espiadinha na decoração, estava ficando linda demais!!!! No hotel, eu estava ansiosa, calma, com calor, com frio, um misto de emoções que nem sei descrever, só sei dizer que o frio na barriga era uma delícia!! Chegando na porta da igreja, ouvindo aquelas músicas maravilhosas, esperando a minha hora de entrar a ansiedade só aumentava, até que as portas se abriram e, para a minha surpresa, eu relaxei! Só tenho uma frase para resumir o dia 22/03/2014…foi o dia mais perfeito da minha vida!!! Queria que o tempo voltasse só para viver tudo novamente! Eu só tenho a agradecer! MUITO OBRIGADA!! 

Duda e André-24 Duda e André-60 Duda e André-63 Duda e André-119 Duda e André-196 Duda e André-225 Duda e André-238 Duda e André-251 Duda e André-259 (1) Duda e André-267 Duda e André-557 Duda e André-581 Duda e André-653 Duda e André-1438 Duda e André-1469 Duda e André-1526 Duda e André-1662 Duda e André-1685 Duda e André-1694

 

 

 

Carol Hungria – Vestidos que mais fizeram sucesso em Junho

Veja as fotos que mais fizeram sucesso no Facebook e Instagram da Carol Hungria em Junho

Rio de Janeiro, 02 de Julho de 2014 – Como já virou febre em suas redes sociais, a estilista Carol Hungria acaba de publicar o Top 3 com as fotos que mais fizeram sucesso no Facebook do Atelier e em sua página no Instagram. Entre as publicações do mês de junho, destaque para o vestidão de tule com aplicações de renda francesa da #noivadacarol Luiza Brugger, recordista de likes no Facebook. Seguido pela manga incrível da noiva Juliana Ourofino, também toda trabalhada em renda francesa, e pelo modelo bem fluído da Camila Negri, feito em mousseline e renda.

Já no Instagram, os três vestidos que mais agradaram as seguidoras, conquistando mais de mil likes, foram o modelo com uma sobresaia linda de renda francesa escolhido pela noiva Vanessa Bechelaini, seguido pelo vestidão com as alças todas trabalhadas em florais de renda da noiva Vivi Takao e pelo vestido da Mariana Jost, todo trabalhado com mistura de rendas francesas e aplicações de pérolas.

Siga você também as páginas do Atelier no Facebook e da Carol (@hungriacarolina) no Instagram e acompanhe o dia a dia de produção, além das inspirações da estilista.

Estilo Carol Hungria

Desde 2007, ano em que abriu seu atelier, Carol imprime um estilo único nas criações que levam o seu nome. Em pouco tempo, conseguiu criar uma identidade própria ao ponto de ter seus vestidos facilmente reconhecidos. Um mix perfeito de cores e de texturas. Tudo na medida. Os vestidos são românticos sem serem chatos.  Diferentes, sem causar estranheza. Chiques, não esnobes. Elegantes e lindos. A inspiração parte de elementos da natureza, como flores e folhas, e, claro, a personalidade de cada mulher.

A sensibilidade para conhecer a noiva Carol também leva para a escolha dos materiais, sempre usando tecidos em seda pura como cetim, musseline, organza, além de tafetás, zibelines e rendas. O arremate é feito com cristais, pérolas, minipaetês transparentes e muitas flores. “Só trabalho com os melhores materiais para ter o melhor caimento. Isso faz toda a diferença. Mesmo que a pessoa não entenda tecnicamente de moda ou tecidos, ela percebe quando a roupa tem um corte maravilhoso, veste bem e valoriza o corpo”, comenta.

O atelier tem parceria com as melhores fábricas de tecido do mundo. Da França e da Itália, por exemplo, chegam as rendas quase que exclusivas.  “Quase” porque há um

“acordo entre cavalheiros” e a renda comprada por ela, por exemplo, não é vendida para outro cliente brasileiro. Quer mais exclusividade? Em alguns casos, é possível desenvolver o desenho a partir de uma renda da própria cliente. Dessa forma é possível, por exemplo, reproduzir aquela estampa usada no vestido de noiva da avó.

As flores, aplicadas nos vestidos ou usadas nos cabelos, merecem um parágrafo à parte. Novamente, a palavra de ordem é exclusividade. Elas são produzidas artesanalmente por uma equipe supervisionada por uma florista. A inspiração vem de todas as partes do mundo. Carol tem um álbum de fotos com as mais diferentes flores que ela encontra durante suas viagens.  Mais uma forma de tornar único o look do grande dia.

 98 - Luiza Brugger 124 - Juliana Ourofino Mariana-Jost(destaque_manga Mariana-Jost-(destaque-cost Mariana-Jost-(frente) Vivi-Takao top3_insta_junho Noiva Camila Negri - Foto Patrícia Figueira Vanessa-Bechelaini

Coleção Carol Hungria Blue marcou a estreia da estilista no Casamoda

A Carol me convidou para conhecer pessoalmente a coleção Blue marcando sua estréia no Casamoda Noivas 2014. Fiquei super honrada pelo convite por admirar muito o trabalho da Carol (tanto que meu Instagram está lotado com hashtag #NoivasDaCarol) mas justamente por ser a estreia dela no evento e assim a coleção tem um significado ainda mais especial.

Os bordados texturizados com pérolas e cristais foram os campeões de audiência, para minha, sua e nossa alegria – porque dão um toque ultra delicado e ”rico” ao vestido.

 Fiquei muito feliz em apreciar a coleção em primeira mão e vou dividir essa experiência com vocês:

Release da coleção enviado pelo equipe da CH – ”Rio de Janeiro, 15 de Abril de 2014 – Eleita a estilista do ano pelas revistas Inesquecível Casamento e Noivas Rio de Janeiro, Carol Hungria lançou a coleção Carol Hungria Blue no último fim de semana, no Casamoda Noivas em São Paulo. Primeira coleção de vestidos semi prontos da estilista, com a variedade de 30 modelos, remete ao desejo de toda noiva, ter o seu “something blue” para dar sorte no dia do casamento.

 

“Achei o evento incrível, cheio de noivas focadas em descobrir as tendências dos vestidos e interessadas em conhecer seu próprio estilo. Acho que conseguimos reunir no nosso espaço vestidos lindos e com bastante personalidade, um diferente do outro, assim como fazemos com todos os vestidos de noiva aqui do Atelier”, avalia Carol.

Os modelos reúnem todo o diferencial da leveza carioca, aliada a um trabalho altamente especializado e de alta costura. Um potpourri de todo o atendimento personalizado desenvolvido no atelier, resultado dos encontros com as noivas e de suas expectativas. Com todas as etapas de produção desenvolvidas em seu atelier no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro, Carol apresenta vestidos confeccionados em seda pura e com rendas exclusivas, vindas diretamente de fábricas francesas. Outro diferencial são os bordados, trabalhados minuciosamente por sua equipe de artesãs.

 “Os vestidos mais procurados são sempre os modelos de renda francesa com algum toque que o diferencie dos outros, que faça a noiva se apaixonar. Outros bem requisitados são os modernos, aqueles com efeitos que a noiva nunca viu antes. Por isso apresentamos na coleção uma grande variedade de estilos para ajudar nessa escolha. Os bordados texturizados com pérolas e cristais também foram super elogiados e os campeões de audiência em nosso stand no Casamoda”, completa.”

Além da primeira coleção de semi prontos, Carol apresentou no Casamoda Noivas a segunda tiragem de seu Miniguia de Estilo da Noiva Atemporal. O livrinho reúne dicas para construir o vestido dos sonhos, usando vários elementos. Tais como o estilo da cliente, a história do casal, referências da cerimônia e harmonia entre os acessórios. Além dessas recomendações, Carol explica quais são os modelos mais indicados de acordo com o corpo, valorizando o que cada uma tem de melhor. Magrinhas, cheinhas, busto pequeno ou grande, todas essas informações são importantes no desenvolvimento do vestido.

Estilo Carol Hungria

Desde 2007, ano em que abriu seu atelier, Carol imprime um estilo único nas criações que levam o seu nome. Em pouco tempo, conseguiu criar uma identidade própria ao ponto de ter seus vestidos facilmente reconhecidos. Um mix perfeito de cores e de texturas. Tudo na medida. Os vestidos são românticos sem serem chatos.  Diferentes, sem causar estranheza. Delicados, sem passar a ideia de “menininha”. Chiques, não esnobes. Elegantes e lindos. A inspiração parte de elementos da natureza, como flores e folhas, e, claro, a personalidade de cada mulher.
A sensibilidade para conhecer a noiva Carol também leva para a escolha dos materiais, sempre usando tecidos em seda pura como cetim, musseline, organza, além de tafetás, zibelines e rendas. O arremate é feito com cristais, pérolas, minipaetês transparentes e muitas flores. “Só trabalho com os melhores materiais para ter o melhor caimento. Isso faz toda a diferença. Mesmo que a pessoa não entenda tecnicamente de moda ou tecidos, ela percebe quando a roupa tem um corte maravilhoso, veste bem e valoriza o corpo”, comenta.
O atelier tem parceria com as melhores fábricas de tecido do mundo. Da França e da Itália, por exemplo, chegam as rendas quase que exclusivas.  “Quase” porque há um “acordo entre cavalheiros” e a renda comprada por ela, por exemplo, não é vendida para outro cliente brasileiro. Quer mais exclusividade? Em alguns casos, é possível desenvolver o desenho a partir de uma renda da própria cliente. Dessa forma é possível, por exemplo, reproduzir aquela estampa usada no vestido de noiva da avó.

As flores, aplicadas nos vestidos ou usadas nos cabelos, merecem um parágrafo à parte. Novamente, a palavra de ordem é exclusividade. Elas são produzidas artesanalmente por uma equipe supervisionada por uma florista, ou uma “jardineira”, como brincou, certa vez, uma cliente. A inspiração vem de todas as partes do mundo. Carol tem um álbum de fotos com as mais diferentes flores que ela encontra durante suas viagens.  Mais uma forma de tornar único o look do grande dia.

Abaixo as fotos da coleção:

 

Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA

 

 

 

 

Fotos: Marcia Gama/Hiper Fashion.