Vestidos da Carol Hungria

Todas as leitoras do blog sabem que eu amo as criações da Carol Hungria e vivo postando os vestidos delicados e cheios de charme aqui no blog. Recebi ontem alguns novos modelos para vocês conferirem 🙂

atelier_carol_hungria_katharine_gandra atelier_carol_hungria_marcela_queiroz atelier_carol_hungria_nathalia_tosto atelier_carol_hungria_paula_poloni

Anúncios

Vestido da Fer

Oi noivinhas,

Conheço a Fer desde a facul… amiga princesa querida que casou por esses dias e está vendendo essa maravilha de vestido!!!

Vamos aos detalhes? O modelo é um Carmina, da super tradicional casa de noivas espanhola Rosa Clará. Foi usado uma única vez e não faz nem 1 mês, já que a Fer casou há quase 3 semanas. É um modelo rico, impecável e cheio de estilo para noivas clássicas, amei todos os detalhes em renda e a saia de tule!

Tamanho: 40

Vem com véu e com o laço maravilhoso (que é removível para quem não gostar)!

Valor: R$ 6 mil – uma pechincha para um vestido tão nobre

10599332_1440323469542524_2742986426775094365_n 10610491_1440323272875877_6632967056823406299_n 10620520_1440318722876332_4164945151597036322_n rosa-clara-wedding-dress-2014-bridal-carmina__full

Contato: mariana.rabelo@gmail.com

Carol Hungria – Vestidos que mais fizeram sucesso em Junho

Veja as fotos que mais fizeram sucesso no Facebook e Instagram da Carol Hungria em Junho

Rio de Janeiro, 02 de Julho de 2014 – Como já virou febre em suas redes sociais, a estilista Carol Hungria acaba de publicar o Top 3 com as fotos que mais fizeram sucesso no Facebook do Atelier e em sua página no Instagram. Entre as publicações do mês de junho, destaque para o vestidão de tule com aplicações de renda francesa da #noivadacarol Luiza Brugger, recordista de likes no Facebook. Seguido pela manga incrível da noiva Juliana Ourofino, também toda trabalhada em renda francesa, e pelo modelo bem fluído da Camila Negri, feito em mousseline e renda.

Já no Instagram, os três vestidos que mais agradaram as seguidoras, conquistando mais de mil likes, foram o modelo com uma sobresaia linda de renda francesa escolhido pela noiva Vanessa Bechelaini, seguido pelo vestidão com as alças todas trabalhadas em florais de renda da noiva Vivi Takao e pelo vestido da Mariana Jost, todo trabalhado com mistura de rendas francesas e aplicações de pérolas.

Siga você também as páginas do Atelier no Facebook e da Carol (@hungriacarolina) no Instagram e acompanhe o dia a dia de produção, além das inspirações da estilista.

Estilo Carol Hungria

Desde 2007, ano em que abriu seu atelier, Carol imprime um estilo único nas criações que levam o seu nome. Em pouco tempo, conseguiu criar uma identidade própria ao ponto de ter seus vestidos facilmente reconhecidos. Um mix perfeito de cores e de texturas. Tudo na medida. Os vestidos são românticos sem serem chatos.  Diferentes, sem causar estranheza. Chiques, não esnobes. Elegantes e lindos. A inspiração parte de elementos da natureza, como flores e folhas, e, claro, a personalidade de cada mulher.

A sensibilidade para conhecer a noiva Carol também leva para a escolha dos materiais, sempre usando tecidos em seda pura como cetim, musseline, organza, além de tafetás, zibelines e rendas. O arremate é feito com cristais, pérolas, minipaetês transparentes e muitas flores. “Só trabalho com os melhores materiais para ter o melhor caimento. Isso faz toda a diferença. Mesmo que a pessoa não entenda tecnicamente de moda ou tecidos, ela percebe quando a roupa tem um corte maravilhoso, veste bem e valoriza o corpo”, comenta.

O atelier tem parceria com as melhores fábricas de tecido do mundo. Da França e da Itália, por exemplo, chegam as rendas quase que exclusivas.  “Quase” porque há um

“acordo entre cavalheiros” e a renda comprada por ela, por exemplo, não é vendida para outro cliente brasileiro. Quer mais exclusividade? Em alguns casos, é possível desenvolver o desenho a partir de uma renda da própria cliente. Dessa forma é possível, por exemplo, reproduzir aquela estampa usada no vestido de noiva da avó.

As flores, aplicadas nos vestidos ou usadas nos cabelos, merecem um parágrafo à parte. Novamente, a palavra de ordem é exclusividade. Elas são produzidas artesanalmente por uma equipe supervisionada por uma florista. A inspiração vem de todas as partes do mundo. Carol tem um álbum de fotos com as mais diferentes flores que ela encontra durante suas viagens.  Mais uma forma de tornar único o look do grande dia.

 98 - Luiza Brugger 124 - Juliana Ourofino Mariana-Jost(destaque_manga Mariana-Jost-(destaque-cost Mariana-Jost-(frente) Vivi-Takao top3_insta_junho Noiva Camila Negri - Foto Patrícia Figueira Vanessa-Bechelaini

Coleção Carol Hungria Blue marcou a estreia da estilista no Casamoda

A Carol me convidou para conhecer pessoalmente a coleção Blue marcando sua estréia no Casamoda Noivas 2014. Fiquei super honrada pelo convite por admirar muito o trabalho da Carol (tanto que meu Instagram está lotado com hashtag #NoivasDaCarol) mas justamente por ser a estreia dela no evento e assim a coleção tem um significado ainda mais especial.

Os bordados texturizados com pérolas e cristais foram os campeões de audiência, para minha, sua e nossa alegria – porque dão um toque ultra delicado e ”rico” ao vestido.

 Fiquei muito feliz em apreciar a coleção em primeira mão e vou dividir essa experiência com vocês:

Release da coleção enviado pelo equipe da CH – ”Rio de Janeiro, 15 de Abril de 2014 – Eleita a estilista do ano pelas revistas Inesquecível Casamento e Noivas Rio de Janeiro, Carol Hungria lançou a coleção Carol Hungria Blue no último fim de semana, no Casamoda Noivas em São Paulo. Primeira coleção de vestidos semi prontos da estilista, com a variedade de 30 modelos, remete ao desejo de toda noiva, ter o seu “something blue” para dar sorte no dia do casamento.

 

“Achei o evento incrível, cheio de noivas focadas em descobrir as tendências dos vestidos e interessadas em conhecer seu próprio estilo. Acho que conseguimos reunir no nosso espaço vestidos lindos e com bastante personalidade, um diferente do outro, assim como fazemos com todos os vestidos de noiva aqui do Atelier”, avalia Carol.

Os modelos reúnem todo o diferencial da leveza carioca, aliada a um trabalho altamente especializado e de alta costura. Um potpourri de todo o atendimento personalizado desenvolvido no atelier, resultado dos encontros com as noivas e de suas expectativas. Com todas as etapas de produção desenvolvidas em seu atelier no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro, Carol apresenta vestidos confeccionados em seda pura e com rendas exclusivas, vindas diretamente de fábricas francesas. Outro diferencial são os bordados, trabalhados minuciosamente por sua equipe de artesãs.

 “Os vestidos mais procurados são sempre os modelos de renda francesa com algum toque que o diferencie dos outros, que faça a noiva se apaixonar. Outros bem requisitados são os modernos, aqueles com efeitos que a noiva nunca viu antes. Por isso apresentamos na coleção uma grande variedade de estilos para ajudar nessa escolha. Os bordados texturizados com pérolas e cristais também foram super elogiados e os campeões de audiência em nosso stand no Casamoda”, completa.”

Além da primeira coleção de semi prontos, Carol apresentou no Casamoda Noivas a segunda tiragem de seu Miniguia de Estilo da Noiva Atemporal. O livrinho reúne dicas para construir o vestido dos sonhos, usando vários elementos. Tais como o estilo da cliente, a história do casal, referências da cerimônia e harmonia entre os acessórios. Além dessas recomendações, Carol explica quais são os modelos mais indicados de acordo com o corpo, valorizando o que cada uma tem de melhor. Magrinhas, cheinhas, busto pequeno ou grande, todas essas informações são importantes no desenvolvimento do vestido.

Estilo Carol Hungria

Desde 2007, ano em que abriu seu atelier, Carol imprime um estilo único nas criações que levam o seu nome. Em pouco tempo, conseguiu criar uma identidade própria ao ponto de ter seus vestidos facilmente reconhecidos. Um mix perfeito de cores e de texturas. Tudo na medida. Os vestidos são românticos sem serem chatos.  Diferentes, sem causar estranheza. Delicados, sem passar a ideia de “menininha”. Chiques, não esnobes. Elegantes e lindos. A inspiração parte de elementos da natureza, como flores e folhas, e, claro, a personalidade de cada mulher.
A sensibilidade para conhecer a noiva Carol também leva para a escolha dos materiais, sempre usando tecidos em seda pura como cetim, musseline, organza, além de tafetás, zibelines e rendas. O arremate é feito com cristais, pérolas, minipaetês transparentes e muitas flores. “Só trabalho com os melhores materiais para ter o melhor caimento. Isso faz toda a diferença. Mesmo que a pessoa não entenda tecnicamente de moda ou tecidos, ela percebe quando a roupa tem um corte maravilhoso, veste bem e valoriza o corpo”, comenta.
O atelier tem parceria com as melhores fábricas de tecido do mundo. Da França e da Itália, por exemplo, chegam as rendas quase que exclusivas.  “Quase” porque há um “acordo entre cavalheiros” e a renda comprada por ela, por exemplo, não é vendida para outro cliente brasileiro. Quer mais exclusividade? Em alguns casos, é possível desenvolver o desenho a partir de uma renda da própria cliente. Dessa forma é possível, por exemplo, reproduzir aquela estampa usada no vestido de noiva da avó.

As flores, aplicadas nos vestidos ou usadas nos cabelos, merecem um parágrafo à parte. Novamente, a palavra de ordem é exclusividade. Elas são produzidas artesanalmente por uma equipe supervisionada por uma florista, ou uma “jardineira”, como brincou, certa vez, uma cliente. A inspiração vem de todas as partes do mundo. Carol tem um álbum de fotos com as mais diferentes flores que ela encontra durante suas viagens.  Mais uma forma de tornar único o look do grande dia.

Abaixo as fotos da coleção:

 

Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA Foto: MARCIA GAMMA

 

 

 

 

Fotos: Marcia Gama/Hiper Fashion.

Petits Mariages!

A onda dos casamentos pequenos é bem comum em diversos países, muitos casais preferem celebrações mais intimistas, simples e com convidados escolhidos a dedo. Listamos abaixo alguns pontos a se pensar para se produzir um casamento menor.

1. Você irá celebrar um dos maiores dias de sua vida, cercado de pessoas que com certeza te amam. Esse pode ser um dos principais diferenciais de um casamento pequeno.

2. Você pode se sentir mais relaxado no grande dia! Isso porque você está ao lado de amigos e parentes e com isso se sentirá em casa com seus convidados. Lembre-se: seu casório terá ares de celebração familiar!

3. Em casamentos assim, é possível economizar mais dinheiro.

4. Alguns casais fazem uma lista de convidados menor não necessariamente porque o orçamento também é pequeno, mas sim por poder produzir um casamento verdadeiramente generoso e íntimo.

5. Mais opções de lugares surgem. Não é necessário, desse modo, alugar um grande espaço para acomodar todos. Uma lista de convidados mais reduzida representa alternativas de local, como restaurantes ou até mesmo em casa.

6. Você tem mais liberdade de produzir o casamento do seu jeitinho, com suas preferências. Isso o torna único e muito criativo.

7. Quando a lista é pequena, os noivos conseguem dar mais atenção aos convidados!

Fotos de um mini wedding francês.

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Fotos: Un Beau Jour.

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Fotos: Un Beau Jour.

😉